Hiperconectividade: entenda o que é e saiba como lidar na empresa

imagem de um grupo de pessoas sentado lado a lado conversando e mexendo em computadores e celulares

Cada vez mais o ser humano carrega a tecnologia e a Internet no seu dia a dia. Hoje, com um smartphone, é possível ter acesso a informação e à comunicação de forma instantânea e a qualquer momento. 

Essa mudança global de comportamento e acessibilidade à informação fez as pessoas aumentarem a quantidade de horas em frente às telas e a forma com que elas se relacionam e se comunicam online.

Com a expansão da Internet, a sensação de estar online e disponível praticamente o tempo inteiro virou um problema, que é chamado de hiperconectividade. Apesar disso, essa conexão em excesso também pode ser benéfica. 

Neste artigo você vai entender melhor o que é esse conceito e como lidar com o uso excessivo da Internet e de que forma isso pode ser benéfico. Confira os principais tópicos que serão abordados: 

Aproveite o conteúdo e boa leitura!

controle de jornada digital e gestao de pessoas

O que é hiperconectividade?

imagem de uma mulher deitada mexendo em um computador

O conceito de hiperconectividade refere-se ao estado de um indivíduo que consegue se comunicar online através de múltiplos meios de comunicação, como e-mail, serviços de mensagem instantânea, telefone e outras possibilidades. 

Além disso, também refere-se ao estado de uma pessoa que passa tempo excessivo em frente aos aparelhos digitais e que sente dificuldade de se desconectar. É a sensação de necessidade em estar ligado constantemente à Internet. 

A expansão da IoT (Internet das Coisas) também contribui para isso, pois agora a Internet está presente em diversos aparelhos, como na televisão, em relógios, carros e até tomadas e lâmpadas. 

Alguns hábitos de quem está no estado de hiperconectividade é ficar com um aparelho smart sempre por perto e sentir dificuldade em se manter longe. Atualmente, até com um relógio, os famosos smartwatches, uma pessoa consegue manter-se atualizada sobre suas notificações, mesmo longe do celular. 

Esse comportamento de checagem constante de mensagens e informações tem a ver com a teoria da gratificação instantânea, que segundo Gloria Mark, professora no departamento de Informática na Universidade da Califórnia em Irvine, a maioria das pessoas têm naturalmente uma dificuldade em adiar aquilo que nos dá prazer imediato.

Como a hiperconectividade afeta as relações pessoais?

Você já teve a experiência de estar em um grupo de pessoas e ter alguém que usa o celular o tempo inteiro? Muitas vezes, essa situação pode ser desconfortável, pois demonstra desinteresse da pessoa com o que está acontecendo ao seu redor.

Não só em um grupo de amigos, mas em todas as relações, o uso de telefones e outros aparelhos em momentos pessoais pode ser completamente desagradável, se não houver um motivo para aquela constante checagem no smartphone. 

A pessoa em situação de hiperconectividade deixa de viver o real para passar mais tempo no virtual, prejudicando não só o convívio social como também sua relação no trabalho. Vamos entender melhor a seguir. 

Como a hiperconectividade afeta os profissionais de uma empresa?

A checagem constante dos meios de comunicação afeta o foco e concentração dos profissionais. Cada notificação que chega com uma mensagem ou email, é uma interrupção que tira o foco do colaborador. 

Em 2020, uma pesquisa publicada na revista científica “Psychoneuroendocrinology” descreveu o que acontece com o cérebro quando temos um dia de trabalho prejudicado pelas interrupções. Para além dos efeitos que já conhecemos na nossa produtividade, esses desvios de foco elevam a produção de cortisol (hormônio relacionado ao estresse). 

Ansiedade no trabalho

Quando o colaborador se acostuma a olhar o celular ou computador com frequência em busca de novas mensagens e informações acaba virando um hábito que aumenta a ansiedade e a irritabilidade da pessoa. 

Esse problema funciona como uma bola de neve, o colaborador para uma atividade para checar as novidades, tem sua produtividade reduzida e, como consequência, fica ansioso pela dificuldade em executar suas tarefas. 

Falta de atenção nas atividades

imagem de uma mulher sentada preocupada com a mão no rosto

De acordo com pesquisa conduzida também pela professora Gloria Mark, é necessário cerca de 25 minutos para retomarmos nossa atenção plena em alguma tarefa depois de sermos interrompidos.

Cada vez que chega uma notificação ou que o colaborador interrompe sua atividade para checar outras informações na internet, a atenção é drasticamente reduzida e a produção da atividade é interrompida.  

Esgotamento mental

A quantidade de informações pelas quais o usuário fica sujeito em um dia longo de acesso a Internet podem causar um esgotamento mental e um cansaço excessivo.

Esse esgotamento mental pode levar a um burnout digital e, consequentemente, trazer sintomas físicos para o colaborador, como problemas no sono, diminuição de energia ou fadiga constante.

Como lidar com a hiperconectividade no trabalho?

Apesar da hiperconectividade ser um problema bem comum e, às vezes, inevitável, existem formas para lidar melhor com essa situação.

Faça pausas em atividades muito longas

Fazer pausas é imprescindível durante seu tempo online. Segundo estudos da Universia Brasil, nosso cérebro só se mantém concentrado em uma atividade por 90 minutos.

Sendo assim, é importante dar uma pausa neste período de tempo ou até menos que isso, se você achar necessário. Uma pausa de 5 a 10 minutos já é o suficiente para restabelecer o foco.   

Utilize o modo avião ou modo de foco

Você sabia que hoje já existem recursos nativos no seu celular que podem ajudar a te deixar mais tempo longe das telas e livre de notificações?

Um deles é o modo avião, que funciona desativando funções como Wi-Fi, dados móveis e chamadas telefônicas. Já o modo de foco, permite desativar notificações gerais ou de aplicativos específicos para ajudar a manter a concentração durante as atividades. 

Planeje suas atividades diárias

Planejar as atividades diárias é uma ótima opção para contornar o problema da hiperconectividade e melhorar a produtividade no trabalho, uma boa opção é listar em forma de checklist as atividades que você precisa fazer durante o dia e ir realizando aos poucos.

Uma opção também é adotar técnicas para realização das atividades, uma muito utilizada se chama Pomodoro, que consiste na utilização de um cronômetro para dividir a realização do trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves pausas.

Determine horários para poder utilizar redes sociais

imagem de uma mulher sentada na frente de um computador e mexendo em um celular

Uma boa opção também é definir os horários de uso de redes sociais, no próprio sistema da maioria dos telefones há como controlar o tempo de uso dos aplicativos. Você pode utilizar essas ferramentas para te ajudar ou escolher horários como durante o almoço ou fim do expediente para checar as redes.

Deixar o acesso livre às redes durante o período de trabalho é um grande desvio para o foco, pois o usuário que sofre com hiperconectividade checa quase que de forma involuntária as suas redes sociais. 

Use plataformas e ferramentas para comunicação interna

Para evitar a checagem das redes sociais tradicionais, é válido que sua empresa adote uma plataforma de comunicação interna própria. Pode ser uma plataforma ou ferramenta, elas vão servir para manter a comunicação entre os colaboradores. 

O Slack e o Microsoft Teams são algumas das opções mais usadas no mercado hoje, pois permitem que os colaboradores troquem mensagens, arquivos, realizem chamadas, além de diversas outras funções. 

É possível usar a hiperconectividade a seu favor?

Sim, é possível utilizar esses avanços do meio informacional como algo benéfico. A tecnologia atrelada ao cotidiano de uma empresa traz recursos que vão facilitar o dia a dia e produtividade do funcionário.

Seja através de registro de ponto online, por impressão de um arquivo através do wifi ou uso de softwares em nuvem, são diversas as possibilidades que a IoT proporciona para os negócios.

Se sua empresa ainda não utiliza recursos digitais para otimizar a rotina é preciso avaliar as possibilidades e o que pode ser útil. Usada de forma correta, a Internet melhora a comunicação entre os colaboradores, proporciona economia – com a diminuição de uso de papéis, por exemplo – e acelera os processos manuais. 

Dessa forma, por mais que haja problemas, com controle e disciplina é possível aproveitar dos benefícios que estar conectado à rede pode trazer para você e para sua empresa. 

Conclusão

Já é perceptível que uma rotina com a Internet presente não é algo para o futuro, já é o agora. Empresas e pessoas cada vez mais conectadas é a realidade que vivemos hoje e precisamos aprender a utilizar isso de forma benéfica.

Sendo assim, entender quais são e utilizar ferramentas para lidar da melhor forma com a hiperconectividade é essencial para o bem-estar de qualquer pessoa que está na Internet. 

Afinal, ter a atenção e foco no trabalho tiradas pela Internet, além de desagradável pode ser estressante e em algum momento trazer problemas piores como um burnout digital.

É necessário que as empresas estejam atentas a esse assunto e cooperem para ajudar seus colaboradores com esse problema, pois é algo que interfere diretamente na produtividade. 

Se você gostou de ler sobre o assunto e se considera uma pessoa antenada, compartilhe em suas redes sociais e acompanhe o blog da PontoTel para não perder as novidades sobre o meio corporativo.

banner como funciona o software de ponto mais completo
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima