Entenda como funciona a metodologia DISC, para que serve, quais os tipos de perfis e como aplicar!

imagem de dois homens sorrindo se olhando segurando um tablet

Você tem buscado novas soluções para auxiliar a sua equipe de RH a melhorar a produtividade do seu colaborador e alcançar resultados mais expressivos? Então certamente vai gostar de conhecer o conceito de metodologia DISC. 

Essa ferramenta te ajudará a traçar um perfil comportamental dos seus funcionários através da descoberta dos seus pontos fortes e fracos. Dessa forma, é possível desenvolver as habilidades de um colaborador e torná-las mais evidentes, ou até mesmo criar mecanismos para melhorar alguma fraqueza evidente.

Aliás, já pensou em como seria perfeito ter um funcionário proativo e comprometido com as suas funções? Através do método DISC é possível saber se o seu colaborador possui um perfil de liderança, análise ou se ele é comunicativo.

Enfim, certamente você tem muitas dúvidas referentes à metodologia DISC, não é mesmo?. Mas não se preocupe, pois vamos responder a todos os seus questionamentos. Você saberá neste artigo:

Vamos lá!

banner frequência de funcionários

O que é a metodologia DISC?

Metodologia DISC é uma ferramenta que ajuda os gestores de RH a mensurar os principais pontos fortes e fracos dos seus colaboradores. O objetivo é traçar estratégias que sejam alinhadas ao perfil de cada um e alcançar resultados mais expressivos cotidianamente.

Sabe-se que cada pessoa possui competências profissionais diferentes umas das outras, mas a pergunta que fica é: como é possível alcançar o sucesso utilizando essas capacidades? A resposta é: potencializando as qualidades já existentes.

Dessa forma, a metodologia DISC busca otimizar os resultados do RH através do foco no colaborador Além disso, ela também pode ser utilizada para reduzir os erros durante uma demissão, admissão e retenção de talentos

Se você ficou interessado e quer saber mais detalhes sobre a metodologia DISC, fique atento às dicas que traremos nesse artigo.

Como surgiu o método DISC? 

imagem de um livro aberto em cima de uma mesa

A metodologia DISC surgiu nos anos 20, após a publicação do livro Emotions Of Real People (As Emoções das Pessoas Normais), por William Moulton Marston, PhD em psicologia pela Universidade de Harvard. Segundo o autor, em um trecho do seu livro:

“O que deve ser feito é desistir das tentativas de definir emoções conflitantes e voltar às raízes do comportamento biologicamente eficiente e descobrir as emoções simples e normais que estão enterradas lá”.

O autor foi precursor da análise DISC, que avalia o comportamento das pessoas. No entanto, na época os perfis comportamentais eram baseados apenas em pessoas que tinham deficiência mental.

Porém, foi em 1945 que o psicólogo Walter Clarke montou uma base que o possibilita mensurar os perfis comportamentais das pessoas. Ao longo do tempo, a metodologia DISC sofreu uma série de adaptações, até se aprimorar à realidade atual das empresas.

Como funciona a metodologia DISC?

A metodologia DISC funciona através de um teste comportamental, que traça o perfil do DISC de um indivíduo. Dessa forma, o funcionário terá que responder a um questionário com algumas questões e de acordo com os itens apresentados poderá ser identificado quais comportamentos se assemelham a ele.

O objetivo é avaliar de forma rápida os diferentes comportamentos, que são definidos após tendências comportamentais identificadas nas respostas. Ou seja, você saberá se o seu funcionário tem o perfil: 

A metodologia DISC consegue identificar cada um desses perfis profissionais. Porém, o gestor precisa entender que nem sempre a pessoa terá uma estabilidade em relação ao seu perfil. Ou seja, algumas pessoas possuem um perfil, mas são influenciadas pelo ambiente de trabalho e pelas situações que vivem nele.

Vamos falar melhor sobre cada um deles no tópico sobre os tipos de perfis comportamentais, mas com outros nomes. 

Para que serve o teste DISC?

O teste DISC é uma avaliação aprofundada que serve para que a empresa descubra o perfil dos colaboradores após análise comportamental. Ademais, ele pode dar à organização a oportunidade de se planejar e elaborar melhor os trâmites para a execução de tarefas.

Por isso, se você é responsável pelo setor de Recursos Humanos, ou é um gestor de uma empresa, é hora de conhecer melhor os seus colaboradores. E, se você não sabe bem os seus pontos fortes e fracos, possivelmente você terá problemas.

Aliás, sabe aquele profissional que você considera diferente de todos os outros? Possivelmente ele está buscando outro local para trabalhar, pois sua organização não oferece uma estrutura ideal para que ele desenvolva suas habilidades por completo.

Então, o teste visa tirar as suas dúvidas sobre as habilidades do seu colaborador. Ou seja, pense nele como uma chance para traçar estratégias baseadas no que seu funcionário pode oferecer em relação às suas habilidades.

Sem dúvidas, esse é um dos métodos mais utilizados pelo departamento pessoal de muitas empresas de todo o mundo. Mas vale salientar que um simples erro durante a avaliação pode trazer sérios problemas à empresa. Por isso, dê atenção ao teste para encontrar as melhores soft skills dos seus funcionários.

Quais resultados o teste DISC proporciona? 

Os resultados do teste DISC são positivos para a empresa e colaboradores. Através do questionário é possível identificar as personalidades, fortalezas e fraquezas, bem como as habilidades dos colaboradores.

Além disso, através da Metodologia DISC, é viável inserir o setor de RH num universo de possibilidades e conhecimentos sobre os colaboradores. Ou seja, é possível dar oportunidades para alguns profissionais e estimular as capacidades de outros, dando a eles a chance de melhorar.

Sendo assim, é possível ter uma visão ampla sobre a equipe e investir no profissional de maneira a não ultrapassar os seus limites, mantendo-o engajado e produtivo.

Perfil comportamental DISC: quais os tipos?

imagem de uma ilustração da definição da metodologia disc

A propósito, foi por causa da dedicação de Marston que hoje temos a metodologia DISC dividida em quatro pilares. Ou seja, os tipos de perfil comportamental de cada colaborador são:

Dominância 

O perfil dominante é aquele colaborador que gosta de receber desafios constantes e é bastante competitivo. Ele é o que chamamos mais acima de “Executor”.

Os executores possuem valores principais como resultado e velocidade. Isso significa que essas pessoas são orientadas à ação e querem ver o produto do trabalho. Ademais, eles são ativos, objetivos e diretos, independentemente do ambiente em que estejam. 

Por vezes, eles podem ser um tanto controladores, mas isso é consequência da busca pelo sucesso. Porém, essas pessoas são bastante dinâmicas e trabalhadoras, com perfil de liderança. Essas características são encontradas em profissionais que apresentam comportamento autoconfiante, corajoso e com posicionamento forte.

Influência

Esse perfil é de uma pessoa confiante e influente sobre os outros. Eles são sociáveis, porém, têm medo da rejeição no ambiente de trabalho e, por isso, evitam situações não amigáveis.

Ademais, ele tem uma conexão com valores e são voltados para as relações e pessoas, além de estabelecer laços facilmente e valorizar o contato interpessoal, a equipe, os amigos, etc.

Obviamente, são pessoas com facilidade de comunicação, possuem boa argumentação e capacidade de persuasão. Porém, eles possuem a necessidade de serem valorizados e reconhecidos.

Estabilidade 

O perfil estável é considerado o mais agradável da empresa. Ou seja, eles não veem tempo ruim e estão sempre em busca do meio termo que agrade a todo mundo.

Aliás, eles são chamados de “planejadores”, pois prezam pelo equilíbrio, harmonia e linearidade. Para ele, quanto mais segura e previsível for um local ou situação, será melhor.

Além disso, eles possuem autocontrole, são prudentes e gostam da rotina. Ademais, eles possuem um pensamento estratégico e são ótimos em planos de ação.

Conformidade

Se você busca um profissional perfeccionista, certamente vai gostar bastante da pessoa com esse perfil. Geralmente essa pessoa se preocupa com a qualidade do serviço e tem a necessidade de executar bem as suas tarefas.

Sem dúvidas, eles são habilidosos, cautelosos e são as melhores pessoas para analisar os detalhes e fazer análises de risco. Porém, o ponto fraco é a insegurança.

Quais as vantagens da metodologia DISC?

As principais vantagens da metodologia DISC são:

  • Melhora no fluxo de trabalho da equipe e na resolução de problemas;

Se você chegou até aqui, é porque tem interesse em saber mais sobre esse tema e desenvolvê-lo na sua equipe, Por isso, saiba a seguir como aplicar um DISC e aproveitar o melhor do seu colaborador.

Como aplicar um teste DISC?

imagem de duas mulheres em pé sorrindo e se olhando

O teste DISC deve ser aplicado por um profissional de RH, através de formulários e questionários. As perguntas irão definir qual o perfil de cada colaborador e como aproveitar as habilidades de cada um.

Ademais, o teste pode ser aplicado através de formulários simples ou complexos e seguir diferentes relatórios e métodos. Em seguida, o profissional de RH deve analisá-lo e criar representações gráficas com as respostas.

Mas lembre-se que a ferramenta DISC deve estar baseada no que foi descrito por Marston. Além disso, o modelo mais aplicado é o questionário de múltipla escolha.

Isso porque ele contém as preferências e opiniões dos participantes, a partir de respostas espontâneas. Enfim, o resultado é um conhecimento mais abrangente da personalidade dos candidatos e uma nova forma de enxergar a cultura organizacional.

Metodologia DISC no RH: principais impactos

Certamente haverão erros e acertos durante a implementação da metodologia DISC. Mas podemos dizer que essa ferramenta traz muitos benefícios e impactos positivos à muitas empresas, sobretudo ao setor de RH.

Um dos principais impactos está relacionado à forma de escolher um colaborador. Sim, é possível realizar o teste para um candidato a uma vaga na sua organização.

Quando o setor de RH está mais preparado, ele pode dar maiores passos durante o processo seletivo e evitar contratar pessoas erradas. Ou seja, a metodologia DISC vai tornar mais prática essa função para os gestores e para os recursos humanos.

Sendo assim, através de simples questionários, que avaliam as fraquezas e habilidades, ou de dinâmicas em grupo, é possível traçar um perfil comportamental DISC do colaborador. Sem dúvidas, você irá contratar o profissional ideal.

Porém, é importante mencionar que o teste pode ser feito também em funcionários que já foram contratados, certo? Aliás, essa é a melhor forma de entender se um empregado está sendo subaproveitado.

Conclusão

Estamos vivendo na era da informação e das mudanças tecnológicas, que têm provocado transformações profundas dentro das organizações. Então, porque não assumir novas posturas e promover um clima organizacional mais desenvolvido e justo para os seus colaboradores?

Sem dúvidas, toda empresa preza por oferecer um diferencial ao seu cliente através de novos serviços e um atendimento de excelência. Então, nada mais salutar que promover melhorias internas e proteger a individualidade do seu colaborador, através de estratégias de retenção de talentos.

Afinal, é muito melhor manter uma pessoa motivada e proativa, do que realizar novas contratações e entrevistas exaustivas. Por isso, através da metodologia DISC é possível reverter a situação interna e contornar quadros desfavoráveis, a partir de uma simples avaliação comportamental.

Ora, cada um possui seus sonhos, metas, planos e medos, que devem ser tratados de forma diferente. Aliás, a probabilidade desse colaborador ser bem sucedido em tudo o que for fazer é muito maior quando a empresa investe nele, em todos os aspectos.

Por isso, se você deseja investir na metodologia DISC para ter atitudes mais assertivas, comece agora mesmo a explorar a qualidade dos seus colaboradores. O caminho é tomar atitudes mais decisivas para reduzir as taxas de turnover.

Se você se identificou com esse assunto, compartilhe-o para sua equipe de RH para que eles também conheçam os benefícios da DISC metodologia. Ademais, confira no blog do PontoTel outros conteúdos interessantes que farão você revolucionar todas as práticas convencionais utilizadas no setor de Recursos Humanos.

Conheça também o nosso sistema de controle de ponto online. Automatize as suas ações e acompanhe as transformações digitais!

banner conheça o aplicativo pontotel

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima